Instituição

     O Centro de Ensino Superior de Realeza (CESREAL), mantenedor da Faculdade de Realeza, código INEP 1800, é uma instituição privada de ensino, entidade sem fins lucrativos, tendo sido sua faculdade credenciada Portaria MEC nº 1.718, de 01 de agosto de 2001 (DOU de 06/08/2001, Seção I).

     A Faculdade foi efetivamente instalada no dia 02 de setembro de 2001, data do primeiro vestibular, embora o primeiro bloco das edificações de sua sede própria tenha sido concluído em novembro de 1999.

     A Faculdade de Realeza ministra atualmente os cursos de Administração e Ciências Contábeis, possibilitando, aos empresários e estudantes, a condição de estarem atualizados e sintonizados naquela que é, talvez, a área profissional que tem a maior abrangência no campo de trabalho nos dias de hoje, ou seja, a área de Negócios.

     Pioneira na região sudoeste do Paraná, com a oferta do curso de Administração e atendendo a uma região, até então, carente de ensino superior, o CESREAL vem cumprindo com seu papel de integrar a comunidade realezense à comunidade regional, fazendo com que as pessoas tenham acesso à Faculdade de maneira mais rápida, eficiente e com menor custo.

     O funcionamento do curso de Administração, com suas antigas habilitações, foi autorizado pela Portaria MEC nº 1718, de 01 de agosto de 2001, juntamente com o credenciamento da Instituição. A referida portaria e o termo de homologação do Parecer nº 1065/2001, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, favorável à autorização do curso são transcritos a seguir:

Portaria nº 1718, de 01 de Agosto de 2001

     O Ministro de Estado da Educação, usando da competência que lhe foi delegada pelo decreto nº 1845, de 28 de março de 1996, e tendo em vista o Parecer nº 1065/2001 da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, conforme consta dos Processos nºs 23000.009023/98-35, 23000.012737/99-11 e 23000.009022/98-72, do Ministério da Educação, resolve: Art. 1º Autorizar o funcionamento do curso de Administração, bacharelado, com as habilitações Administração Geral e Gestão de Sistemas de Informação, a ser ministrado pela Faculdade de Realeza, credenciada neste ato, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Realeza, ambos com sede na cidade de Realeza, no Estado do Paraná. Art. 2º  Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     Nos termos do Artigo 2º da Lei nº 9131, de 24 de novembro de 1995, o Ministro do Estado da Educação HOMOLOGA o parecer nº 1065/2001, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, favorável à autorização para o funcionamento do curso de Administração, bacharelado, com as habilitações em Administração Geral e Gestão de Sistemas de Informação, a ser ministrado pela Faculdade de Realeza, credenciada neste ato, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Realeza, ambos com sede na cidade de Realeza, no Estado do Paraná, com duzentas vagas totais anuais, cem vagas para cada habilitação, distribuídas em turmas de cinqüenta alunos, no turno noturno, regime seriado anual. A Instituição deverá divulgar o conceito resultante da avaliação do curso, no Edital de abertura do processo seletivo, em atenção ao artigo 4º da Portaria SESU/MEC nº 1647/2000, que dispõe sobre procedimentos de avaliação e verificação de cursos superiores, bem como incluir o referido conceito no catálogo, de acordo com a Portaria MEC nº 971/97. Deverá, ainda, observar o disposto na Portaria MEC nº 1679/95, que dispõe sobre os requisitos de acessibilidade de pessoas portadoras de necessidades especiais, e protocolizar nesse Ministério, no prazo de trinta dias, processo solicitando a aprovação de seu Regimento, conforme consta dos Processos nºs 23000.009023/98-35, 23000.012737/99-11 e 23000.009022/98-72.

     O primeiro concurso vestibular para o curso de Administração com habilitação em Administração Geral e Administração com habilitação em Gestão de Sistemas de Informação foi realizado em 02 de setembro de 2001, contando com 1001 inscritos para 200 vagas disponíveis, ou seja, 05 candidatos por vaga. Para o curso de Administração Geral, houve 603 inscritos, enquanto para o curso de Administração em Gestão de Sistemas de Informação, 398 candidatos.

     Em 2005, foram autorizadas mais 120 vagas para a Faculdade de Realeza, desta vez para a implantação do curso de Ciências Contábeis pela Portaria MEC nº 4.177, de 02 de dezembro de 2005 (DOU de 05/12/2005), igualmente pioneiro na região.

     Portaria nº 4.177, de 2 de dezembro de 2005

     O Ministro de Estado da Educação, usando da competência que lhe foi delegada pelo Decreto nº 3.860, de 09 de julho de 2001, alterado pelo Decreto nº 3.908, de 04 de setembro de 2001, e tendo em vista o Despacho nº 2.411/2005, da Secretaria de Educação Superior, conforme consta do Processo nº 23000.002665/2005-76, Registro SAPIEnS nº 20050001180, do Ministério da Educação, resolve: Art. 1º Autorizar o funcionamento do curso de Ciências Contábeis, bacharelado, com 120 (cento e vinte) vagas totais anuais, no turno noturno, em turmas de, no máximo, 50 (cinqüenta) alunos, a ser ministrado pela Faculdade de Realeza, na Rodovia PR 281, Km 2, s/nº, na cidade de Realeza, Estado do Paraná, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Realeza, com sede na cidade de Realeza, Estado do Paraná. Art. 2º Aprovar, pelo período de cinco anos, o Plano de Desenvolvimento Institucional da Faculdade de Realeza. Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     Ainda em 2005, ocorreu o reconhecimento do curso de Administração por meio da publicação do ato da Portaria MEC nº 4.447, de 22 de dezembro de 2005.

     Portaria nº 4.447, de 22 de dezembro de 2005.

     O Ministro de Estado da Educação, usando da competência que lhe foi delegada pelo Decreto nº 3.860, de 09 de julho de 2001, alterado pelo Decreto nº 3.908, de 04 de setembro de 2001, e tendo em vista o Despacho nº 2.033/2005, da Secretaria de Educação Superior, conforme consta dos Processos nºs 23000.001518/2005-89 e 23000.001517/2005-34, Registros SAPIEnS nºs 20041004517 e 20041004516, do Ministério da Educação, resolve: Art. 1º Reconhecer o curso de Administração, bacharelado, habilitações em Administração Geral e em Gestão de Sistemas de Informação, com 200 (duzentas) vagas totais anuais, turno noturno, ministrado pela Faculdade de Realeza, na Rodovia PR 281, Km 02, s/nº, no município de Realeza, Estado do Paraná, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Realeza, com sede no município de Realeza, Estado do Paraná. § 1º O reconhecimento a que se refere esta Portaria é válido exclusivamente para o curso ministrado no endereço citado neste artigo. § 2º A renovação do reconhecimento do curso referido nesta Portaria se dará nos termos do disposto na Portaria Ministerial nº 2.413, de 07 de julho de 2005. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     Com a divulgação dos resultados do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) realizado em 2009, o CESREAL e a Faculdade de Realeza puderam comemorar com toda sua comunidade acadêmica os expressivos resultados alcançados tanto pelos alunos do curso de Administração, quanto do curso de Ciências Contábeis, que obtiveram os conceitos 3 no ENADE e 5 no IDD, em ambos os cursos.

     Enfim, no ano de 2011, através da Portaria SESu/MEC nº 660, de 21 de março de 2011, ocorreu o reconhecimento do curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Realeza.

     Portaria nº 660, de 21 de março de 2011

     O Secretário de Educação Superior, usando da competência que lhe foi conferida pelo Decreto no 5.773, de 9 de maio de 2006, alterado pelo Decreto no 6.303, de 12 de dezembro de 2007, e tendo em vista a Portaria Normativa nº 40, de 12 de dezembro de 2007, republicada em 29 de dezembro de 2010, conforme consta do Registro e-MEC no 200810542, do Ministério da Educação, resolve: Art. 1º Reconhecer o curso de Ciências Contábeis, bacharelado, com 120 (cento e vinte) vagas totais anuais, no turno noturno, ministrado pela Faculdade de Realeza, na Rodovia PR 281, Km 2, s/n, bairro Rodovia, no município de Realeza, no Estado do Paraná, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Realeza – CESREAL, com sede no município de Realeza, no Estado do Paraná, nos termos do disposto no artigo 10, § 7º do Decreto nº 5.773 de 9 de maio de 2006. Parágrafo único. O reconhecimento a que se refere esta Portaria é válido exclusivamente para o curso ministrado nos endereços citados neste artigo. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.