Administração

ADMINISTRAÇÃO

 

Duração: 8 semestres
100 vagas
Noturno

 

  • Objetivos

    O Curso de Administração, com Ênfase em Gestão de Negócios, além da formação básica exigida para o Administrador que atuará nas diversas organizações, cuja configuração tende para as novas estruturas empresariais, dará ênfase especial à ação empreendedora.

    O curso se encaminhará principalmente para a sensibilização da habilidade de liderança e para todas as etapas da administração estratégica. Seu diferencial será a preparação dos alunos para a criação de novos negócios, bem como para o planejamento, implantação e administração de micro, pequenas e médias organizações.

    A atenção em novas oportunidades e as estratégias para atendimento das exigências do mercado constituem dimensões também trabalhadas nos conteúdos de disciplinas, principalmente aquelas localizadas nas séries terminais do curso. As questões de globalização e de internacionalização são objeto de especial ênfase, em nível de procedimentos, de tecnologias e demais aspectos relacionados à gestão dos negócios.

    O curso volta-se para o desenvolvimento da capacidade de empreender. Nesse contexto, entendemos empreender como um conjunto de características pessoais que permitem aos indivíduos integrar-se ao sistema social e produtivo através da criação de seu próprio negócio.

    O curso de Administração engloba um conjunto de disciplinas de diferentes conteúdos, envolvendo principalmente conhecimentos de teorias da administração, marketing, administração financeira, contabilidade gerencial, tecnologias da informação, economia, sociologia, estratégia empresarial e política de negócios. De cada uma dessas disciplinas, além do ensino das teorias, dos conceitos fundamentais e das técnicas de pesquisa e de aplicação, merece ênfase aqueles conhecimentos que, de uma forma ou de outra, estão relacionados com pequenos negócios. Por exemplo, a partir dos conhecimentos de matemática desenvolvidos no curso básico, chega-se à matemática financeira, ou seja, aquela que interessa diretamente aos negócios. Os conceitos de estatística devem ser entendidos e aplicados em torno do processo de tomada de decisões, planejamento empresarial e pesquisa de mercado. As teorias administrativas são mostradas dentro de um enfoque histórico, destacando o valor dos empreendedores como agentes de mudança e o papel das pequenas empresas nos vários momentos da evolução econômica e social. A psicologia tem papel fundamental no autoconhecimento e, portanto, na identificação dos aspectos de personalidade que são mais favoráveis na criação e desenvolvimento dos negócios. Além disso, permeia todas as atividades que envolvem o relacionamento humano e de uma maneira especial as relações profissionais. A economia permite compreender o cenário maior onde os negócios acontecem, revelando as leis que conduzem a produção e distribuição dos bens e serviços. A sociologia enfatiza os aspectos estruturais e o enquadramento do Homem às mudanças, permitindo uma melhor compreensão da função dos negócios no desenvolvimento social, adentrando os aspectos culturais e históricos. O direito vai conscientizar a dimensão jurídica das empresas, revelando direitos e deveres das pessoas físicas e jurídicas, concentrando-se nas questões trabalhistas e fiscais. As ciências políticas entrarão na questão do poder como uma dimensão fundamental, desde a mais simples relação social até as mais complexas relações entre as nações. O estudo de línguas constitui se em ferramenta estratégica básica tanto no que se refere ao uso da tecnologia como na ampliação de mercados além de nossas fronteiras.

    O profissional formado estará, em princípio, habilitado para atuar em qualquer atividade produtiva ou de prestação de serviços, seja ela do ramo químico, psicológico, construção civil, comércio varejista, hospitais ou escritório de advocacia. Seu universo de atuação é ilimitado. Tudo dependerá de fatores estruturais, conjunturais e mesmo de preferências pessoais. Em princípio deverá estar habilitado à atuar de forma bastante aberta tanto em termos de geografia, em termos de abrangência de seu negócio como em termo de natureza de produto ou de serviço.

    O setor de pequenos negócios é heterogêneo e apresenta-se hoje em dia predominantemente de maneira informal. Existe um total falta de correspondência entre as necessidades dos pequenos negócios e os sistemas tradicionais de informação. Não há dúvida de que um dos maiores desafios da economia, hoje, é encontrar maneiras de fomentar, com eficácia, o setor das pequenas empresas. Dentro deste contexto a habilitação em gestão de negócios tem como objetivo principal a formação de novos diretores/proprietários e a atualização profissional e reciclagem daqueles empreendedores já instalados.

    Cabe ressaltar que esta educação de líderes engloba necessariamente a expansão, nos estudantes, tanto de sua consciência quanto de seus conhecimentos sobre as oportunidades que os pequenos negócios abrem para eles mesmos. Sem dúvida uma parcela cada vez mais significativa de nossos jovens estudantes têm a percepção clara de que a tendência da moderna economia aponta para uma mudança profunda na estrutura empresarial de maneira que o modelo do executivo bem sucedido que atua nas grandes empresas vem sendo substituído pelo jovem empresário de pequenos negócios.

    Portanto o curso não se restringe apenas ao ensino e à pesquisa de métodos e técnicas de criação de novos negócios.

  • Perfil

    • Conhecimento sólido das modernas teorias da administração científica com uma visão sistêmica das organizações;
    • Conhecimento humanístico, embalado nas modernas teorias das ciências sociais e da psicologia, desenvolvendo habilidade para atuar nas relações interpessoais;
    • Conhecimento e habilidade na utilização de recursos da tecnologia da informática nos diversos segmentos das organizações;
    • Conhecimento e habilidade na utilização da metodologia do planejamento estratégico e em gestão de negócios;
    • Conhecimento de técnicas e conceitos de auditoria como instrumento administrativo de controle interno;
    • Conhecimento de temas sócio-político-econômicos atuais relacionados a transformações ocorridas nas organizações. Capacidade de diagnóstico e adaptação as mudanças;
    • Competência para empreender, analisando criticamente as organizações, fazendo diagnósticos, antecipando e promovendo transformações;
    • Capacidade de operar com valores e formulações matemáticas; raciocínio lógico, crítico e analítico desenvolvidos;
    • Capacidade de compreensão do todo, de modo integrado e sistêmico, bem como suas relações com o mundo exterior;
    • Habilidade e competência na expressão oral e escrita;
    • Desenvolvimento da inteligência emocional, demonstrando atitudes flexíveis e de adaptação a terceiros em situações adversas; capacidade de estabelecer comunicação interpessoal de negociação e de trabalho em equipe;
    • Capacidade de liderança na tomada de decisões, sabendo atuar de forma interativa em prol de objetivos comuns;
    • Capacidade de discutir e aplicar conceitos e técnicas de administração no contexto de pequenas e médias empresas;
    • Capacidade de compreender a necessidade do contínuo aperfeiçoamento profissional.

    O profissional a ser formado precisa de um profundo conhecimento das técnicas de gestão, devendo ser capaz de usar os dados financeiros e econômicos para exercer julgamento, avaliar riscos e tomar decisões de negócios. Deve, portanto, ser capaz de estabelecer uma compreensão sistêmica e estratégica, com uma visão do todo, de modo integrado e relacionado com o meio ambiente externo.

    Ao final, pretende-se que o egresso do curso seja dotado das seguintes características básicas:

    • Possuidor de valores de responsabilidade social e ética profissional;
    • Formação humanística, que o habilite a compreender o meio social, político, econômico e cultural no qual está inserido, bem como a tomar decisões eficazes num mundo diversificado e em constante evolução;
    • Visão global, para entender de maneira ampla e plena o contexto no qual a organização está inserida;
    • Formação técnica e científica, que o habilite a atuar na administração das organizações, bem como a desenvolver atividades específicas da prática profissional;
    • Capacidade de atuar de maneira integrada nos diversos níveis da estrutura organizacional a cada momento diferente;
    • Capacidade de compreender as necessidades de aperfeiçoamento profissional constante;
    • Autoconfiança para desempenhar as suas funções de maneira efetiva;
    • Capacidade de expressar-se com clareza e de modo crítico e criativo;
    • Capacidade de utilização de raciocínio lógico, crítico e criativo;
    • Liderança e capacidade para lidar com pessoas de maneira efetiva;
    • Capacidade para utilizar da melhor forma possível os recursos financeiros, materiais e computacionais;
    • Compreensão da administração de maneira sistêmica, integrada e estratégica, bem como suas relações com o meio ambiente;
    • Visão holística, de maneira a enxergar o todo, bem como integrar o ambiente interno e o externo;
    • Iniciativa, rapidez e flexibilidade na tomada de decisões;
    • Capacidade de propor modelos de gestão inovadores;
    • Capacidade de planejamento e desenvolvimento da própria carreira profissional;
    • Capacidade para conciliar sua função de especialista com uma visão generalista que o possibilite entender a administração da organização como um todo;
    • Capacidade empreendedora, tanto internamente à organização quanto externamente;
    • Capacidade para avaliar, superar e redefinir paradigmas existentes no ambiente no qual está inserido.
  • Grade Curricular

    • Administração da Produção e Operações
    • Administração de Recursos Materiais
    • Administração Estratégica e Governança Corporativa
    • Análise de Investimentos e Mercado de Capitais
    • Business Game
    • Comunicação Empresarial
    • Contabilidade
    • Contabilidade Gerencial
    • Cultura Organizacional
    • Direito e Legislação Social
    • Direito e Legislação Tributária
    • Economia Aplicada aos Negócios
    • Elaboração de Planos de Negócios
    • Empreendedorismo
    • Estatística Empresarial
    • Evolução do Pensamento Administrativo
    • Filosofia e Ética Empresarial
    • Finanças Corporativas
    • Gestão da Qualidade e da Produtividade
    • Gestão de Custos e Controladoria
    • Gestão de Negócios
    • Gestão de Pessoas
    • Gestão de Serviços Profissionais
    • Gestão Pública
    • Logística e Canais de Distribuição
    • Marketing
    • Matemática Comercial e Financeira
    • Métodos e Técnicas de Pesquisa
    • Negociação e Solução de Conflitos
    • Organização, Sistemas e Métodos
    • Práticas Gerenciais e Empresariais
    • Psicologia Organizacional
    • Sistemas de Informações Gerenciais
    • Sociologia das Organizações
    • Tecnologias da Administração
    • Tecnologias da Informação
    • Tópicos Avançados em Administração
    RESUMO

    CARGA HORÁRIA GERAL: 2400h/a
    ATIVIDADES COMPLEMENTARES: 300h/a
    ESTÁGIO SUPERVISIONADO: 300h/a
    CARGA HORÁRIA TOTAL: 3000h/a

  • Fundamentação Legal

    AUTORIZAÇÃO

    Documento: Portaria MEC
    Nº Documento: 1.298 de 23/08/2000
    Data de publicação: 24/08/2000
    Nº Parecer / Despacho: 734/2000 CNE
    Data Parecer / Despacho: 08/08/2000

    RECONHECIMENTO

    Documento: Portaria MEC
    Nº Documento: 4.347 de 13/12/2005
    Data de Publicação: 14/12/2005
    Nº Parecer / Despacho: 2.027/2005 SESu

     

 

TOPO

Entre em contato conosco

 

Seu nome (obrigatório)

Seu telefone(obrigatório)

Sua cidade (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Sua mensagem